Friday, September 07, 2007

Sobre sonhos, cirandas e lembança

Som de flautas e zabumbas se aproximavam junto com o vento frio da tarde-quase-noite de Barão. As meninas, com seus chinelinhos rasteirinha dançavam cantigas que faziam nuvem de pó sobre o gramado seco da Unicamp. Enquanto a Menina de Lá tentava registrar a apresentação, ouvia as vozes pedindo pra que se dançassem em roda. Rapidamente se lembrou que a Moça da Saia Indiana amava aquilo, e por isso foi avisar a moça que descansava numa canga.

Assim, entraram na roda, que de tão grande se partiu em duas e, talvez de forma inconsciente, a Moça da Saia uniu a mão da Menina de Lá à mão dos Olhos de Lince.

Mãos unidas. Sorriram. E o azul dos olhos do rapaz se misturou a castanhas "janelinhas de ver" de Menina de Lá. Brincaram de roda, ao som da trupe que cantava..."eu ví mamãe oxum na cachoeira, sentada na beira do rio"...Rodaram, sentiam o vento do entardecer.Sentiam os sorrisos, a alegria e o calor do jovem em ciranda.Porém, num instante, a roda se partiu e os dois se perderam, enquanto dançavam livre no gramado.

Menina de Lá, se viu tomada por Coração de Anjo e pela Menina dos Cabelos Dourados, as meninas dos sorrisos mais lindos que chegavam trazendo doces...As três dançaram, se perdiam e se achavam no meio da multidão...

-Movimento, movimento, movimento.....

O som da banda rapidamente se perdeu e uma poeira se ergueu de fazendo com que a Trupe desaparecesse sem ninguém perceber.

As garotas se perderam, e Menina de Lá estava sozinha. E quando levantou o olhar, com esperanças de encontrar a Moça da Saia Indiana, notou que Olhos de Lince estava em sua frente. Os dois se olharam e se abraçaram.

- Quem é TU moça? Disse ele. .....

Texto publicado em 2005, lá no meu antigo fotolog (hoje local de experimentação e afins). A tal festa descrita aconteceu no dia 07 de setembro daquele ano e, curiosamente, toda essa magia verídica não me surpreendeu. Eu tinha sonhado com aquela ciranda, com uma das músicas (que eu nunca tinha escutado).Eu esperava. Só não esperava por "Olhos de Lince". Uma graça de rapaz. Doce biólogo.Lembranças...Queria muito que quem visita este blog conhecesse essa história que guardo no coração.... Beijos na alma....

2 comments:

Lais Mouriê said...

Ai que lindeza, minha pequena!

Bjos e saudades imensas!

Claudia Lis said...

Hello Menina,

“Menina de Lá, se viu tomada por Coração de Anjo e pela Menina dos Cabelos Dourados, as meninas dos sorrisos mais lindos que chegavam trazendo doces...As três dançaram, se perdiam e se achavam no meio da multidão...”

Que momento mais mágico e feliz! Adorei! Ah, também queria estar nesse bolinho dançante, hehehe...

E que ótimo encontrar texto novo aqui!

;-)

Beijos