Friday, February 06, 2009

Sobre a Publicidade de Dona Almira

Já tinha ouvido falar de roubar jabuticaba do vizinho, de trazer da casa da Vó, do pai que trazia lá de Pindamonhangaba, da Maria que as pegava no pé da fazenda do trabalho, da menina de nariz pequeno que foi picada por um marimbondo no pé da fruta, das bolinhas pretas e graúdas que faziam tloc-pluf, tloc-pluf. Mas isso, não:
Tloc-Pluf, tloc-pluf
(Revista Piauí, Janeiro/2009)

3 comments:

ge said...
This comment has been removed by the author.
ge said...

eu trabalhei em uma cidade que pé de jabuticaba era mais comum que gente. comi muita jabuticaba no trabalho mesmo, coisa mais gostosa do mundo. acho que eu alugaria um pé pra mim, sim!

Serjones said...

isto é que eu chamo de inovação em agronegócios!